Aquecedor, climatizador e desumidificador: entenda as diferenças



(Reprodução: Shutterstock)

Independente da época do ano, seja para aliviar o calor ou para esquentar a casa nas baixas temperaturas, existem diversas opções de equipamentos que podem deixar tudo mais confortável no seu dia a dia! Para isso, o ideal é criar uma atmosfera confortável, com técnicas para manter o seu lar aconchegante em todas as estações, seja através das comforts foods, bebidinhas que aquecem, mantinhas, tapetes e, principalmente, pelos aparelhos elétricos.

Pensando nisso, a MadeiraMadeira separou dicas que irão te ajudar a entender as diferenças sobre os principais equipamentos de ar e ventilação. Confira: 


Aquecedor

(Reprodução: Shutterstock)

Como o próprio nome sugere, o aquecedor é o aparelho que tem a função de os ambientes, é muito utilizado principalmente nas regiões que possuem temperaturas mais baixas e por longos períodos. Além disso, existem várias opções de aquecedores no mercado, que podem ser escolhidas de acordo com diferentes critérios, como: economia, eficiência e segurança, além de outras exigências primordiais dos clientes. Existem modelos a gás, de resistência incandescente, aquecedores cerâmicos e a óleo entre as opções disponíveis para escolha.


Produtos de Ar e Ventilação para sua casa (Reprodução: MadeiraMadeira)

- Principais vantagens: são autênticos e não possuem ruído, a temperatura pode ser programada para a que você desejar e é possível encontrar em tamanhos portáteis e de fácil manuseio.
- Principais desvantagens: os aquecedores costumam ressecar muito o ambiente, consomem bastante energia e provavelmente vão impactar no custo da conta de luz.


Climatizador

Produtos de Ar e Ventilação para sua casa (Reprodução: MadeiraMadeira)

O climatizador é um aparelho versátil e econômico! Independente da estação do ano, sua principal atribuição é tornar o ambiente mais agradável, característica essa que é proporcionada por seu sistema que utiliza a evaporação da água e circulação de ar quente ou frio. Por isso, o aparelho é indicado para quem vive em locais com grandes variações climáticas, pois não tem o objetivo de aquecer ou resfriar um ambiente por completo, mas sim de auxiliar no equilíbrio térmico. Em sua maioria, os clientes costumam optar por climatizadores portáteis por conta da versatilidade de uso, já podem ser transportados para qualquer ambiente sem precisar de pequenas reformas para instalação. 

- Principais vantagens: atende as necessidades de qualquer época do ano, umidifica o ar, possui função timer e consome menos energia do que um ar condicionado.
- Principais desvantagens: baixa eficiência em locais com muita umidade, funcionamento pouco eficaz em ambientes grandes, deve ser higienizado a cada 15 dias e possui poucas variações de design. 


Desumidificador

(Reprodução: Shutterstock)

Sua saúde respiratória em dia e nada de mofo! Para locais que - principalmente durante os períodos mais frios - tendem a sofrer com excesso de umidade e com a frequente presença do bolor em móveis, roupas ou calçados, o desumidificador é a melhor saída. Afinal, ele colabora para melhorar o ar do ambiente e reduzir a umidade.

No processo de compra, é essencial ponderar como é o seu estilo de vida. Assim, fica mais fácil identificar qual aparelho é o mais indicado para a sua rotina e sua casa de acordo com os benefícios de cada um. De maneira geral, os desumidificadores possuem ótimo custo-benefício e oferecem variedade em modelos com características específicas, como:

  • Aparelhos que detectam o nível de umidade e desligam sozinhos. Através de um medidor interno, esse modelo analisa a quantidade de ar do espaço e, assim que indicar um nível saudável, desliga automaticamente;
  • Os que permitem extrair uma maior quantidade de umidade devem ao depósito de água interno, que não precisa ser trocado frequentemente;
  • Aqueles versáteis para deslocamento e horários, normalmente acompanhados por rodinhas e temporizadores. 


Quanto tempo deve ficar ligado o desumidificador?
Não existe uma regra específica para horários, mas é necessário que o aparelho fique ligado por pelo menos uma hora durante o período do dia que você escolheu. Isso também deve ser baseado no local onde você vive, já que existem regiões que necessitam do aparelho durante todo o ano e aquelas em que ele só é necessário de acordo com o clima da temporada. Tudo depende do excesso perceptível de umidade no ar.  

- Principais vantagens: diminui a umidade que costuma embolorar paredes e móveis, fazendo uma limpeza mais frequente e diferenciada com um bom custo-benefício. 

- Principais desvantagens: não serve especificamente para o controle de temperatura, então não substitui um ar condicionado ou aquecedor, por exemplo. 


O que é melhor: aquecedor ou climatizador?

(Reprodução: Shutterstock)

Ainda que -de maneira sugestiva- possuam a mesma função de serem bons aliados para tornar o lar ainda mais acolhedor, o aquecedor e o climatizador contam com diferenças quando comparados. Afinal, eles são caracterizados por princípios distintos, que podem se encaixar no seu dia a dia de acordo com o que você deseja, como: 

Aquecedor: possui vários modelos para diferentes orçamentos e é ideal para invernos mais rigorosos. Entretanto, quando comparado com os demais equipamentos de ventilação, o aquecedor é o de maior consumo de energia, já que demanda uma potência muito grande para manter o local quentinho. 

Climatizador: por não obter uma função específica, o climatizador desempenha uma eficiência pequena em temperaturas extremas. Por isso, é recomendado para locais com grandes mudanças climáticas. Os modelos tendem a consumir menos energia do que outros aparelhos com funções semelhantes, porém necessitam de manutenções corriqueiras para um bom funcionamento. 


E o ar condicionado?

(Reprodução: Shutterstock)

Sempre em alta! Queridinho no mercado por conta de sua versatilidade, o ar condicionado possui um sistema que permite a regulagem da temperatura de um espaço como um todo, seja na hora de aquecer ou refrigerar o ar externo, tudo de acordo com o modelo escolhido. 

Eles podem variar entre estilos que atendem a espaços grandes e pequenos, aqueles que precisam se encaixar bem na decoração ou simplesmente prezar pela economia de energia. Além disso, é importante manter a manutenção do aparelho em dia, com o intuito de garantir um desempenho eficiente e melhorar a qualidade do ar, evitando também possíveis doenças respiratórias. 

Produtos de Ar e Ventilação para sua casa (Reprodução: MadeiraMadeira)


Outras maneiras de esquentar a casa

Produtos de Ar e Ventilação para sua casa (Reprodução: MadeiraMadeira)

Além dos aparelhos de ar e ventilação, existem outras maneiras de manter o seu cantinho mais quente e aconchegante! Além dos mais comuns, como: lareiras, pisos térmicos e aquecimento a gás em todas as saídas de água da casa, a principal dica é: use e abuse de tecidos! Aposte em tapetes fofinhos, mantas pelo sofá, capas de almofada, lençóis com tecido de conforto térmico e muito mais. 

E aí,  já sabe qual é o equipamento perfeito para a sua casa? Sabendo dos prós e contras de cada um,  liste suas prioridades e escolha com mais facilidade!

Pensando nisso, a Madeira preparou uma lista especial com várias opções de produtos para você escolher: 


Leia também:
Como escolher cores e móveis para o quarto
O que é o estilo de decoração e Japandi?
As melhores ideias de presentes para o dia dos namorados
Como preparar a casa para o Outono


Compartilhe:

Podemos Ajudar?
Olá. Como podemos ajudar?
Informar erro no site

Informe onde ocorreu o problema

Informações adicionais

Descreva o problema para entendermos melhor a situação e solucionarmos a questão mais rápido.

Informe seus dados

Por fim, informe seus dados para entrarmos em contato a respeito da resolução do problema.

Enviado com sucesso!

Seu feedback é muito importante para aprimorarmos nossas ferramentas e atendê-lo melhor todos os dias.
Obrigado!

Ocorreu um erro!

Desculpe, não foi possível enviar o formulário.
Volte a etapa anterior e tente novamente.